Como Boas Maneiras Podem Abrir Portas e Mudar o Seu Destino

Hoje: 06-10-2022

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

°

É um dia importante para um casal de namorados aquele em que a jovem vai apresentar seu pretendente aos seus pais. Se o rapaz causar boa impressão, esse dia será sempre lembrado pelo casal como um dia feliz em suas vidas. Mas se ele não reconhecer a importância desse momento –, quando faz seu primeiro contacto com os pais de sua namorada –, e se apresenta inadequadamente vestido, ou mostra um comportamento excessivamente descontraído e vulgar, então – ainda que os futuros sogros não valorizem muito as atenções mínimas próprias de uma apresentação –, as atitudes do rapaz poderão decepcioná-los naquele momento em que, para eles, começa a se delinear o futuro da sua filha.

A observação das normas de Boas Maneiras e Etiqueta tem um efeito positivo, e é essencial que sejam observadas, no que couberem, em quaisquer ocasiões importantes, e mesmo em nosso dia a dia. Nosso relacionamento social nunca pode ser informal, seja no trabalho, na escola, no restaurante, ou mesmo em uma lanchonete. Existem normas de boas-maneiras e regras de etiqueta até para se comer em público um sanduiche. Mas não quer isto dizer que tais normas e regras devam ser aprendidas e postas em prática incondicionalmente. No meio militar, por exemplo, existem regras de relacionamento que se sobrepõe às do tratamento civil. Por exemplo se, frente a uma passagem estreita, um coronel convidar, por cortesia, um oficial de patente inferior a passar primeiro, ele estará infringindo as regras do tratamento militar entre as patentes. Mas será bastante simpático se, ao tomar a frente do seu subordinado como requer o regimento, disser “com licença”, e passar adiante. É claro que não precisará esperar por uma resposta.

Com respeito ao conhecimento e à pratica das normas de Boas Maneiras e das regras de Etiqueta. as pessoas que as praticam frequentemente incorrem no erro de se mostrarem preconceituosas em relação à aqueles que as desconhecem. Procedem à mesa com evidente exibicionismo no manuseio dos talheres, na escolha de um vinho, etc. Não deveriaml mais que dar o exemplo, sem jactância. Se não é um professor que está na sala de aula, ou um voluntário engajado em uma campanha de educação, ou um consultor em Protocolo, não deve ensinar em toda oportunidade de convívio social, mas apenas mostrar de modo casual o comportamento correto para a ocasião. Fora da condição de instrutor, a qualquer título, quem fala de normas de Boas Maneiras e de Etiqueta ao seu vizinho de mesa, ao filho de outra pessoa, a um empregado, ou a um colega de trabalho, granjeará a antipatia de todos e poderá ser afrontado com um comportamento propositalmente contrário ao que estiver aconselhado, como provocação e mostra de antipatia.

Finalmente, um bom conhecimento de Boas Maneiras e das suas disciplinas correlatas abre oportunidades de emprego nos Departamentos de Recursos Humanos das empresas. Para compreender o quanto é vasto o campo de emprego para essas matérias basta ver o quadro na página Cerimonial, Protocolo, Etiqueta e Boas Maneiras – Definições.

º