COBRA PAGES
e seus objetivos

--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Filosofia no Brasil - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação - Teatro
Pedagógico
- Higiene -
Boas Maneiras e Etiqueta -
Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros do Autor - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE

 

Boa Educação no Trânsito: o que você pensa da FAIXA DE PEDESTRES? Para saber mais clique AQUI.

 
 

NOVIDADES DO SITE

Cruzeiros Marítimos,
Iates e Lanchas

Página escrita por
Rubem Queiroz Cobra
(Site original: www.cobra.pages.nom.br)


As viagens marítimas nunca tiveram custo muito maior que o das viagens aéreas, mas ficaram um pouco esquecidas devido à rapidez que só os aviões oferecem. As linhas regulares transoceânicas e as de cabotagem foram fechadas. Os grandes navios passaram a realizar apenas cruzeiros marítimos, combinando luxo e lazer. 

Da última década do século passado até a presente, o grande desenvolvimento tecnológico da indústria náutica e os novos conceitos de administração de turismo marítimo atraíram os investidores. São muitos os tipos de barco em operação, os mais antigos menores e com menos recursos de lazer, os mais modernos grandes arranha-céus flutuantes com milhares de cabines, amplos salões e farta variedade de opções de lazer.

Como nos outros modos de viajar, existem no transporte marítimo de simples jet-ski e lanchas aos iates e navios de cruzeiro , certas peculiaridades que o usuário precisa conhecer, para agir com educação no que está afeto a Boas-maneiras e Etiqueta. O prazer da viagem será indiscutivelmente maior para aquele que se vestir bem, mostrar bons modos no restaurante de bordo, for respeitoso com as autoridades do barco, com as senhoras e com os demais passageiros, e souber compartilhar e ajudar.

*   

Cruzeiro marítimo. O ponto inicial, obviamente é o contacto com a empresa de turismo e a compra do pacote do cruzeiro. É uma negociação a ser feita sem pressa, e o turista precisa examinar com cuidado o que lhe parece mais atraente, cotejado com os recursos de que dispõe e os interesses de eventuais acompanhantes. Deve estar preparado para a perda de algumas partes do programa contratado, porque o mau tempo pode determinar o fechamento das piscinas e a pratica de esportes e impedir excursões em terra que estiverem previstas. Em razão disso alguns itens são preferencialmente pagos a bordo, e não previamente como parte do pacote. O interessado precisa entender bem os direitos e limitações do pacote que adquire.

Um cartão de identificação do passageiro será usado para reconhecimento eletrônico, para compras a bordo, acesso a serviços próprios do seu pacote, para subir ou deixar o barco, etc.

Direção do cruzeiro. A bordo, são responsáveis pelo cumprimento dos itens do pacote o Diretor Social, o Diretor do cruzeiro e seu Assistente Eles fazem a recepção dos passageiros e promovem os divertimentos e eventos sociais, e todas as atividades de entretenimento a bordo.

Conhecendo o barco. Os conveses do navio correspondem aos andares de um hotel. No primeiro convés há uma varanda coberta (Promenade) de livre circulação que pode dar a volta a todo o barco e que serve para caminhadas, e a cuja amurada o passageiro pode observar o mar, o que é importante para os que têm cabines internas. A escada ou rampa de embarque e desembarque liga esse convés ao cais. Cada convés é referido não por um número do andar, mas por um nome, como "Convés Amazonas", "Convés Alvorada", etc. (Fig. 1)

 

Fig. 1

O átrio ou praça interna, geralmente a céu aberto, marginada pelas varandas das cabines internas nos sucessivos andares, de cada lado da praça, com elevadores que podem ser panorâmicos, como nos pátios internos de muitos shoppings. À sua volta estão as lojas, restaurantes e cafés. 

As cabines são os espaços para estar e dormir do passageiro, para uma pessoa, casal, ou grupo. São também suites com áreas separadas de dormir e estar, além de um banheiro próprio. Algumas são cabines ou suítes com balcão ou sacada. As cabines que estão próximas ao centro do barco são as que sentem menos o balanço e por esta razão custam mais caro. Mas a principal divisão é entre cabines internas e externas. As primeiras, em geral de menor preço, abrem para o pátio interno; as externas, têm janelas com vista total para o mar.

Devido à grande variedade de opções, tanto para tipos de cabines como para modalidades de serviços e participações,  um pacote de cruzeiro tem várias categorias e os preços variam em 10 ou mais faixas de preços.

Restaurante de bordo. Em um navio com milhares de passageiros, a reserva de mesa é importante a fim de evitar filas de espera no salão de refeições. As reservas para uma mesa ficam completas com certo número fixo de pessoas, no restaurante principal. Em um restaurante especial haverá mesas para dois, se desejado. A preferência por um ou outro restaurante também depende do pacote de viagem adquirido.

No restaurante principal, os garçons são distribuídos por seção, de modo que é possível fazer a reserva sempre para uma mesma seção e ser atendido pela mesma equipe, assim como as mesmas pessoas poderão ser reunidas na mesma mesa em todas as refeições. É comum que vários casais sejam designados para fazer as refeições em uma mesa para seis ou sete pessoas. Não raro isto inclui filhos que estejam em companhia dos pais. Aplicam-se a ambos os restaurantes do cruzeiro as mesmas normas de Boas-maneiras e Etiqueta do restaurante em terra.

Bebidas. As bebidas fazem parte de pacotes específicos que são marcados com um ícone no cartão de viagem: Variam desde pacotes apenas de bebidas sem álcool a pacotes que incluem, além de água mineral e refrescos, também cerveja, e bebidas e coqueteis alcoólicos. Os vinhos poderão constituir um pacote a parte. As bebidas do frigobar da cabine serão conforme o pacote de bebidas adquirido. 

Festas e comemorações. Festas permitirão o encontro entre os hóspedes. Um hóspede ou grupo de hóspedes poderá solicitar uma festa (aniversário ou outra comemoração) desde que reúna o número mínimo requerido de participantes (que são convidados através de e-mail) e possa agendar um salão com o Diretor Social. O cruzeiro oferece gratuitamente frios, refrigerantes ou chá gelado, mas o hóspede poderá comprar bebidas no bar do salão da festa ou solicitá-las conforme seu pacote de bebidas.

Geralmente um coquetel na segunda noite do cruzeiro é oferecido pelo Capitão no restaurante principal do barco. Este coquetel é gratuito, mas o jantar especial que se segue em geral é pago no pacote. Há outras festas eventualmente programadas, como réveillons, carnaval, ou batismo no Equador para os que cruzam pela primeira vez o paralelo Zero.

Nos cruzeiros mais longos ao final, na antepenúltima noite que antecede o desembarque,  há um coquetel de despedida, em geral oferecido pelo Diretor Geral do cruzeiro, em nome do Capitão. Este também é gratuito e todos são convidados a comparecer. No jantar que se segue também são servidos os melhores pratos da culinária de bordo.

Vestimenta. Os participantes usarão roupas adequadas ao horário. Para a noite poderá ser requerido pelo organizador o traje formal  Para as tardes, roupa informal, porém vedados shorts e roupas de banho.

Traje a rigor (smoking e longo).pode ser solicitado para jantares de gala. No setor em que se der esse tipo de festa todos os passageiros deverão estar vestidos dessa forma, e não trocar o traje senão após se recolherem, terminada a festa.  Quando a festa é organizada por uma pessoa ou grupo, ou deve-se à iniciativa do Diretor de Eventos,  a indicação do traje é comunicada por e-mail aos convidados.

Não havendo especificação do traje, segue-se o padrão comum de formalidade para as festas e jantares à noite, e de informalidade para as festas à tarde. Por mais informal que seja a festa, comparecer de short e camiseta não é conveniente. 

Tours internos e entretenimentos. Muitos passageiros ficam ansiosos por visitar a ponte de comando. Esta é geralmente parte de um tour interno, organizado pelo gerente de tours. A Ponte ocupa uma área acima do convés principal e em geral é uma longa cabine transversal (cabine de comando) onde estão instalados os equipamentos de navegação. O tour costuma incluir também o convés de cobertura (o ponto mais alto do barco) e a cozinha onde, nos navios modernos, são preparadas diariamente vários milhares de pratos para os restaurantes de bordo e que impressiona pelas suas dimensões, limpeza e organização.

Teatro, cinema, pequena biblioteca, capela, discotecas, lan-houses muitos bares, cassino, aprazíveis salas de estar,.sala de jogos de cartear, foto galeria, galeria de arte, mais de uma piscina, hidroterapia com jatos de água marinha e algas para remover toxinas e melhorar a circulação sanguínea, campo poliesportivo. Algumas atividades para adolescentes em geral são incluídas no programa da viagem.

Com tantos entretenimentos a bordo, o enorme arranha-céu flutuante acaba se tornando ele mesmo a atração maior. Há os que deixam de fazer as excursões em terra, preferindo gozar o conforto a bordo que desembarcar em portos movimentados e atravancados de cidades portuárias, ou enfrentar uma travessia de lancha para visitar ruínas turcas e romanas ou as ilhas e vulcões do roteiro. No entanto, restará praticamente apenas o jogo de cartas nos salões e as leituras na biblioteca, durante as oscilações em uma forte tempestade.

Acidentes e enjôo. Antes da partida ou pouco tempo depois, os passageiros recebem instruções para situações de emergência, inclusive explicações sobre o uso dos botes salva vidas, bóias, etc. Cada setor do barco tem um local para o qual seus ocupantes devem se dirigir caso soe o alarme de segurança. Um mapa indicando esse local e o caminho mais curto até ele está afixado no interior da cabine.

Um muitos locais do navio as portas podem ter a forma de escotilhas retangulares, sendo necessário atenção para saltar sobre a borda inferior, sem tropeçar. O mesmo ocorre com algumas escadas internas, que começam por um degrau acima do nível do convés, o que pode derrubar um passageiro incauto.

O enjôo afeta menos as pessoas que conseguem acompanhar com o corpo a oscilação do barco e contrabalançar esse movimento sem se opor a ele. Geralmente ocorre só no primeiro dia, mas pode ser prevenido com pílulas e adesivos medicamentosos. Porém, não raro esse mal requer assistência na enfermaria do navio.

Gratificações. Gorjetas basicamente são gratificados as arrumadeiras e os garçons e garçonetes. Em tudo assemelha-se à gratificação dos empregados em hoteis e restaurantes. V.p.f. a página Ao Restaurante.

*

Iate. Em um iate, o proprietário do barco e sua mulher são os anfitriões e os passageiros seus convidados. Ambos terão, respectivamente, o mesmo cuidado com as normas de Boas-maneiras e Etiqueta que teriam em uma recepção em terra. Ainda que seja uma viagem paga, o passageiro deve agir sempre com esse pensamento presente, e embora possa exigir o atendimento pelo qual pagou, seu pedido de informações, ou de serviços, ou mesmo suas reclamações serão feitas com polidez. Na sua qualidade de comandante, o anfitrião deve também ser obedecido no que respeita à segurança pessoal e aos comportamentos que possam de algum modo afetar a navegação. O pouco espaço requer bagagem mínima e muita ordem na disposição das coisas. Sacolas e bolsas macias em lugar de malas rígidas. Não se usa calçado de couro, mas de material não absorvente; bermuda, óculos escuros e agasalho, boné – bem ajustado à cabeça, por causa do vento –, preferencialmente em cores claras. É aconselhável que o hóspede procure um pouco de informação sobre o tipo de barco em que sairá para um passeio ou viagem, e que conheça um pouco do jargão náutico pelo menos o mínimo necessário para conversar com o proprietário sobre navegação. Algumas designações são mostradas na Fig. 2.
 

Fig. 2

Algumas das observações relativas aos iates aplicam-se igualmente a barcos menores, a motor ou a vela, a serem seguidas pelo convidado a um passeio náutico.

Lancha. Barco de pequenas dimensões e muita velocidade. Devido ao seu potencial de perigo – para seus próprios ocupantes, outros navegadores, e inclusive banhistas próximos à praia –, as lanchas devem ser conduzidas com a preocupação de seguir à risca as recomendações da Marinha e do Clube náutico a que seu proprietário estiver filiado.

Normas de cortesia para o passeio de lancha.

  • Não levantar ondas que possam atingir ancoradouros e praias, banhistas, surfistas ou outros barcos menores.

  • Não havendo sanitários a bordo, advertir os convidados, com a discrição possível, de que devem satisfazer eventuais necessidades ainda em terra, e se fazerem confortáveis para o tempo de duração previsto do passeio. Lembrar-se desse particular e não prolongar a viagem além do esperado;

  • Passar aos convidados tranqüilidade e a confiança em que serão obedecidas todas as normas de navegação para pequenos barcos, existem bóias salva-vidas em número suficiente, combustível, sistema de prevenção de incêndio, luzes de navegação, rádio ou telefone celular com bateria carregada, etc.;

  • Não servir bebida alcoólica a bordo e não assumir navegar depois de ingerir qualquer quantidade de álcool, o que não passará despercebido pelos acompanhantes.

  • Em toda oportunidade, lembrar-se de priorizar suas atenções com os convidados mais importantes segundo os critérios de valor social, principalmente os idosos e as senhoras.

  • Não organizar festas ruidosas ou levantar demasiado o volume do som, onde houver concentração de outros barcos.

  • Não passar a pouca distância de outro barco, impondo presença que incomoda e viola a privacidade dos outros; trinta metros podem ser considerados como distância mínima;

  • Empregar adequadamente os sinais de som nos cruzamentos, para não confundir os outros navegadores com sinalização sonora incorreta, impertinente ou raivosa, o que também dará a seus convidados a impressão de ser pessoa instável, nervosa, e pouco confiável, fazendo-os temer pela própria segurança.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em  27-11-2009

Direitos reservados.
 Para citar este texto:
Cobra, Rubem Q. - Cruzeiros Marítimos, Iates e Lanchas. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2009 
("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br).

 

Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
Obrigado por visitar COBRA PAGES