Montesquieu

Hoje: 27-10-2021

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Montesquieu, Charles-Louis de Secondat, baron de La Brède et de. Nascido próximo a Bordeaux, na França, em 1689 e falecido em Paris em 1755, filósofo político, autor de “O Espírito das Leis”. Formado em Direito, iniciou sua carreira em Bordeaux. Mudou-se para Paris, onde levou uma vida de dissipações frequentando as festas dos salões da aristocracia e nobreza parisienses. Em 1721 escreveu “Cartas persas”, no qual satiriza a vida mundana da sociedade parisiense. Em pouco tempo, (1728) seus escritos e a influência social levaram-no à Academia Francesa. Viajou para a Inglaterra onde permaneceu de 1729 a 1731, uma viagem que reputou muito instrutiva, e após a qual, retornando à França, dedicou-se seriamente ao estudo das ciências políticas.

Em 1734 Montesquieu publicou Considérations sur les causes de la grandeur des Romains e de leur décadence (“Considerações sobre as causas da grandeza dos romanos e de sua decadência”), um trabalho considerado uma mostra de inteligência, mas também de certa falta de conhecimentos. Após 14 anos de trabalho, de 1734 a 1748, publicou L’Esprit des lois. Este livro, considerado um clássico da filosofia política, compreende uma análise das inter-relações entre as estruturas sociais e políticas, a religião, a economia e outros elementos da vida social. Trouxe-lhe fama mundial, e é considerado também o mais significante precursor da análise sociológica. No entanto, muitas críticas se levantaram contra seu trabalho, o que o levou a escrever dois anos depois o Defense de l’Esprit des lois, considerado seu trabalho mais brilhante.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 00-00-1997.

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Queiroz – FILOSOFIA MODERNA: Resumos Biográficos. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 1997.