Inocêncio X

Hoje: 27-09-2021

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Inocêncio X (1644-1655) (Giambattista Pamfili). Nasceu em Roma, a 6 de maio de 1574 e faleceu lá, a 7 de janeiro de 1655. Diplomou-se em Direito no Colégio Romano. Gregório XV o nomeou núncio em Nápoles, e Urbano VII, núncio em Madri. Foi feito cardeal em 1626.

Em 1644, Panfili foi eleito papa e tomou o nome de Inocêncio X. Esteve muito envolvido com a política entre os estados pontifícios e Parma e Veneza, e com a França, por questões de ordem interna da Igreja. Recusou reconhecer Portugal após a guerra da libertação em 1640, para não desagradar a Espanha. Ao final de seu pontificado havia um único bispo em todo o Portugal.

Em 1648, Inocêncio X fez uma bula declarando sem validade, efeito ou valor, todos os artigos da paz de Westphalia prejudiciais à religião católica. Em outra bula, em 1653, condenou cinco proposições do Augustinus, de Jansenius, alimentando a grande controvérsia sobre o Jansenismo na França. Seu pontificado foi marcado pela influência em suas decisões por Olimpia Maidalchini, ex-mulher de seu irmão falecido, uma relação que teria sido apenas política, na opinião dos historiadores mais respeitáveis.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 00-00-1997.

Para citar este texto: Cobra, Rubem Queiroz – NOTAS: Vultos e episódios da Época Moderna. Site www.cobra.pages.nom.br, Internet, Brasília, 1997.