Agrícola

Hoje: 20-09-2021

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Agrícola. Na segunda metade do século XV, Rudolph Agricola foi uma influencia dominante na transferência do Renascimento da Itália para a Europa setentrional, e considerado um precursor do New Learning, devotio moderna, Conhecimento Novo, movimento que se desenvolveria no século seguinte com Erasmo, Vives, Vergara, Adriano VI e Melanchton, entre outros. Agricola era homem de múltiplos talentos, interessando-se desde a literatura até os estudos sobre jazidas minerais. Depois de estudar latim e Grego na Itália por dez anos, ele teve papel importante na introdução do Grego na educação alemã. Era um músico erudito e talentoso cantor. Não só construiu um órgão, como também é citado como hábil pintor.

Após retornar à Holanda em 1480, Agricola decidiu viajar mais uma vez a Heidelberg onde formaria um círculo de seguidores.

Para Agricola não poderia haver conflito entre a erudição humanista e a religião. De Formando Studio, uma carta de Agricola para seu amigo Barbirianus, expressava a crença de que as letras eram importantes para a boa conduta. O caráter era moldado e fortalecido pelo estudo dos sábios da Antiguidade. Além do seu conhecido De Re metalica, Agricola também produziu um manual de lógica muito apreciado por Melancthon. De Inventione Dialectica salientava que o sucesso do discurso depende da inteligibilidade do orador, da razão na questão, e de uma atitude favorável por parte do ouvinte. Tinha a Lógica como um instrumento de prova.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 00-00-1997.

Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. – NOTAS: Vultos e episódios da Época Moderna. Site www.cobra.pages.nom.br, Internet, Brasília, 1997.