Poul Martin Møller

Hoje: 27-10-2021

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Møller, Poul Martin (1794 – 1838), escritor dinamarquês cujo romance, escrito sobre a vida estudantil, o primeiro na literatura de seu pais que tratou de acontecimentos contemporâneos, marcou uma importante fase na história da literatura dinamarquesa. Seu aforisma, “Toda poesia que não vem da vida é uma mentira”, resume sua abordagem realista em uma época dominada pela tendência oposta, o romantismo.

Após diplomar-se em teologia pela universidade de Copenhague, Møller começou sua carreira literária traduzindo Homero. Para recuperar-se de um noivado rompido, viajou para a China como capelão a bordo de um navio dinamarquês (1819-21). Essa viagem produziu alguns diários, um volume de Strøtanker (“Aforismas”), poemas nostálgicos sobre a Dinamarca e Copenhague, (e.g., “Scener i Rosenborg Have”), e uma paródia humorística de descrições científicas estatístico-topográficas Statistisk Skildring af Lægdsgaarden i Ølsebymagle. Após seu regresso ele ganhou a vida ensinando clássicos enquanto também estudava filosofia.

Møller leu seu famoso romance En dansk students eventyr (“As aventuras de um estudante dinamarquês”), primeiro para a união dos estudantes de Copenhague, em 1824. Planejado originalmente como uma novela histórica ao estilo de Sir Walter Scott, ele descreve, na sua versão final (ainda assim fragmentária) a vida do estudante em se tempo. Blade af dødens dagbog (“Folhas do Diário da Morte”), um fragmento poético inspirado por Lord Byron, e outros rascunhos, tais como o seu espirituoso ensaio Quindelighed, demonstram tanto a maestria de seu estilo como sua tendência a deixar os trabalhos incompletos. Møller foi leitor de filosofia (professor assistente) na universidade de Christiania (atualmente Oslo) de 1826 a 1828, quando tornou-se professor, e depois, a partir de 1831, manteve a cadeira de filosofia em Copenhague. Entre seus estudantes admiradores estava o filósofo Søren Kierkegaard.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 08-06-2001.

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. – NOTAS: Vultos e episódios da Época Contemporânea. Site www.cobra.pages.nom.br, Internet, Brasília, 2001.