O Essencial de Tolman

Hoje: 20-09-2021

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

 Edward Chance Tolman (1886-1959), psicólogo americano que fez contribuições significativas aos estudos de aprendizagem e motivação. Considerado hoje um behaviorista cognoscitivo, desenvolveu seu próprio behaviorismo em paralelo com os trabalhos de Watson.

 Tolman nasceu em Newton, Massachusetts, de uma família da classe média americana. Seu pai era presidente de uma companhia industrial. Inicialmente obteve diploma em eletroquímica no Massachusetts Institute of Technology, porém mudou o curso de sua carreira ao ler os trabalhos de William James, decidindo fazer-se filósofo.

 Com esse propósito, matriculou-se, em 1911, na Harvard Graduate School para estudar em um programa misto de filosofia e psicologia, existente na época. Um curso de Ética, ensinado por Ralph Barton Perry (1876-1957), assim como as leituras de William McDougall (1871-1938), o levam a interessar-se pela motivação.

 Preparando-se para seu exame de PhD que prestaria em alemão, viajou em 1912 a Giessen, na Alemanha. Lá conheceu a psicologia da Gestalt através do ensino e conferencias do psicólogo alemão Kurt Koffka (1886-1941).

 Ao regressar a Harvard, Tolman estudou no laboratório de Hugo Munsterberg (1863-1916) e Herbert Sidney Langfeld (1879-1958) que investigavam a aprendizagem com uso de sílabas de sem sentido.

 Em 1915 recebeu o grau de Doutor pela Universidade de Harvard. Sua dissertação de PhD foi um estudo de “inibição retroativa”.

 A partir de 1915, Tolman foi professor na Northwestern University onde ensinou durante três anos, porém, foi dispensado em 1918, ao tempo da Primeira Guerra Mundial, devido a um pronunciamento pacifista publicado no jornal universitário. No segundo semestre deste mesmo ano Tolman passou a lecionar na Universidade da Califórnia em Berkeley.

 No outono de 1923 Tolman regressou a Gessem para aprender mais sobre a psicologia da Gestalt.

 Em 1932 escreveu o livro Purposive Behavior in Animals and Men. Eleito para a presidência da American Psychological Association, fez seu discurso presidencial em 1937. Foi eleito presidente da Lewin’s Society for the Psychological Study of Social Issues em 1940. Em 1942 publicou Drives Toward War buscando a compreensão do instinto humano para a guerra, e em 1949 There is More than One Kind of Learning. Neste último argumentava que o aprendizado de habilidades motoras tem princípios que são diferentes dos aplicáveis à capacidade de resolver problemas.

 Em 1949 enfrentou novamente uma crise semelhante à que vivera na Northwestern University, ao recusar assinar um juramento de lealdade imposto conforme uma lei estadual, pela Universidade da Califórnia em Berkeley, a qual considerou que violava a liberdade acadêmica. Este ato de rebeldia foi elogiado e lhe valeu grande reconhecimento.

 Recebeu em 1957 o prêmio da APA- American Planing Association por sua significante contribuição científica, e em 1959 o título de L.L.D. honorário (Doctor Honoris Causa) da Universidade da Califórnia Veio a falecer em 19 de novembro de 1959.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 31-01-2011.

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. – O essencial de Tolman. Site www.cobra.pages.nom.br, Internet, Brasília, 2011.