Hospedagem e Boas Maneiras

Hoje: 28-11-2022

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Nos dias atuais é muito mais comum a hospedagem entre famílias amigas do que foi no passado, o que torna muito necessário que as pessoas se preparem para receber com correção os amigos que elas convidam para se hospedar em suas casas. E os que são convidados precisam corresponder à gentileza que recebem retribuindo com uma atenção e observando normas que o bom senso aponta para o relacionamento social no período do convívio com seu anfitrião.  Faz-se necessário então que tanto os que convidam como os que são convidados atentem para as normas de Boas-maneiras que precisarão seguir como garantia de um bom relacionamento nesse convívio. Aqui vão algumas recomendações simples a respeito.

Hospedando amigos:

  • Previna o seu convidado de que o convite não é extensivo a outras pessoas, mas irrevogável e exclusivamente para eles. Assegure-se de que somente eles irão comparecer ou aceite abrir uma exceção que pareça justa e possível.
  • Se um convidado pedir para levar um animal de estimação, não se sinta constrangido por dizer não, de uma maneira simpática.
  • Diga aos seus convidados exatamente a hora que espera que eles cheguem e se o convite é para um fim de semana ou para quantos dias. Envie-lhes um mapa rodoviário com indicações, se eles forem de carro. Avise se puder ir buscá-los em algum local próximo e caso contrário, explique como eles poderão ir do ponto de chegada até a sua casa.
  • Se o seu convite estiver ligado a algum evento formal, seja específico quanto a roupa, não deixe por conta dos hóspedes imaginarem o que devem levar. Diga-lhes exatamente qual é o código de vestimenta para este evento. O hóspede sente-se terrivelmente deslocado se estiver vestido diferentemente de todos os outros.
  • Quando estiver convidando amigos pela primeira vez, pergunte-lhes se eles seguem alguma dieta e o que habitualmente comem no café da manhã.
  • Se você convidar pessoas que fumem, pode preveni-las de que poderão fumar fora da casa e fora do carro, no jardim ou no quintal.
  • Se você estiver projetando algum esporte especial para seus hóspedes (pesca, caminhada, tênis, golfe, natação), informe-os sobre isto para que eles tenham a opção de trazer o seu próprio material. Nenhum hóspede deve ser constrangido a participar de um jogo ou esporte que não lhe interesse.
  • Na hora do banho avise aos convidados para que eles ajudem a economizar a água quente disponível, se for o caso.
  • A maioria dos hóspedes gosta de ter uma parte do dia para si, de manhã ou a tarde, para ler ou simplesmente relaxar. Diga-lhes com antecedência (talvez no café da manhã) qual será exatamente a programação do dia. Não espere que todos os hóspedes participem de todas as atividades, acima de tudo nenhum convidado dever ser obrigado a participar de um jogo ou esporte que não lhe interesse.
  • À noite, na hora de dormir, pergunte aos convidados se gostariam de uma bebida antes de se deitarem. Assim que você terminar a sua, sinta-se à vontade para se retirar, pedindo para os que continuarem acordados apagarem as luzes ao se recolherem.
  • Ao convidar avise aos convidados se poderão ou não, contar com a presença da internet.
  • Espere que o hóspede manifeste espontaneamente seu desejo de retribuir a hospedagem e deixe para combinar a data oportunamente.

     O bom hóspede:

  • Convites para o fim de semana devem ser respondidos com a presteza possível, para que o amigo possa convidar outra pessoa caso você não possa aceitar;
  • Levar um presente para o anfitrião é uma obrigação do hóspede (e lembrancinhas para crianças pequenas da família), porém, o presente pode ficar para após a visita, quando o hospede poderá escolher e enviar alguma coisa mais bem pensada;
  • Se a hospedagem não o agradar, o hospede deve esconder seu aborrecimento, e prometer-se não aceitar um segundo convite;
  • O convidado deve perguntar ao seu anfitrião quanto tempo é esperado que ele fique. Essa informação será útil para agendamento na alta estação, quando os voos ficam lotados com muita antecedência;
  • Considerando variações climáticas, algum evento formal marcado, atividades esportivas etc., o convidado deve perguntar ao anfitrião que roupas deve levar, e fazer suas malas de acordo;
  • A menos que os anfitriões especifiquem o contrário as crianças não estão incluídas;
  • Não se leva o cachorro. Os cães sempre se comportam mal em um ambiente estranho, e podem criar grandes embaraços;
  • Se o convidado for alérgico a certos alimentos, a moluscos por exemplo, deve, obviamente, avisar o anfitrião ao aceitar o convite;
  • Se gostar de se levantar ainda de madrugada e tomar um cafezinho, leve uma chaleirinha elétrica, uma xícara, café instantâneo, leite em pó, açúcar e uma colher. Então poderá madrugar sem incomodar ninguém;
  • Será muito simpático se for sempre pontual para as refeições e outras atividades;
  • O hospede só fuma fora de casa e nunca acende o cigarro na cama;
  • A visita deve manter o seu quarto arrumado, principalmente a sua cama, a menos que lhe digam que a empregada o fará para ele;
  • Antes de se banhar, a visita deve perguntar se a água quente é limitada, porém, mesmo se não for, deve usá-la com moderação, e ao fim deixar a banheira limpa;
  • Se estiver dormindo em um sofá-cama, o hospede deve retirar os lençóis e o cobertor todas as manhãs, dobrá-los e guardá-los junto com os travesseiros em algum lugar onde não sejam vistos. Na hora de dormir cabe a ele a responsabilidade de estender os lençóis;
  • É uma cortesia obrigatória perguntar à anfitriã se ela precisa de ajuda nas tarefas domésticas. Mas se ela disser que prefere cuidar ela própria, evita-se discutir;
  • Se não houver empregada, a visita lava sua louça do café ou a coloca na máquina lava-louça;
  • Para se tomar café ainda com a roupa de dormir, é obrigatório que se use um robe mesmo que muito leve, e se calcem os chinelos;
  • Não se deve depender completamente dos anfitriões para se divertir. Se houver outros hóspedes, pensarão juntos no que possam fazer sem depender totalmente deles;
  • Se tiver amigos na região que o convidem para ir a casa deles, o hospede deve dizer-lhes que vai consultar seus anfitriões antes de aceitar o convite, e perguntar se poderá levá-los. Se eles não virem inconveniente, convidará os anfitriões a acompanhá-lo;
  • Se causar acidentalmente um prejuízo ao seu anfitrião, a visita deve providenciar a devida reparação ou se comprometer a efetuá-la quando retornar à sua casa;
  • Se os anfitriões pedem ao amigo que fique mais um dia, não é aconselhável que aceite facilmente o convite. É melhor sair enquanto ainda está agradando do que abusar da acolhida;
  • No dia da saída o hospede toma os lenções, os cobertores e as fronhas, dobra-os e os deixa em ordem em cima da cama;
  • É necessário que a visita verifique com muita atenção o quarto, banheiro e os espaços por onde tenha circulado antes de viajar, para ter certeza de que não se esqueceu de nada. É um aborrecimento para a anfitriã ter de mandar pelo correio alguma coisa esquecida.
  • Se a empregada lavou e passou suas roupas ou fez alguma coisa a mais para o hospede, este deve dar a ela no mínimo o equivalente a 5 dólares por dia da sua hospedagem, como gorjeta. Porá o dinheiro em um pequeno envelope com o nome da pessoa junto com uma nota curta agradecendo a atenção (será bom se houver trazido envelopes para esse fim); se no momento da sua saída não a encontrar, dará o envelope para a anfitrião solicitando-lhe que o entregue.
  • Quer você passe uma noite ou um fim de semana na casa de alguém, faça um contacto agradecendo aos anfitriões no espaço de uma semana após a sua volta para casa. Mencione alguma coisa que lhe agradou particularmente, ou pessoas que você conheceu e admirou. Se não tiver levado um presente consigo, agora é o momento de enviá-lo ao anfitrião com um cartão reiterando seus agradecimentos.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 30-09-2022.

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. – Hospedagem e Boas-maneiras. Site www.cobra.pages.nom.br, Internet, Brasília, 2022.