Casamento Evangélico

Hoje: 26-09-2022

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Faço com esta página a tentativa de ser útil aos interessados no casamento evangélico. Como em todas as páginas do meu Site Cobra Pages, dispenso o luxo das cores, para criar uma página simples e atenciosa com o leitor, sóbria e exclusivamente informativa, sem qualquer interesse comercial.

A reforma litúrgica que teve lugar com a difusão da doutrina protestante pelos príncipes luteranos no século XVI, embora tenha chegado à raiz da doutrina cristã em seus principais fundamentos, não alterou muito certos procedimentos litúrgicos que poucas mudanças sofreram até os dias de hoje. A região primeiramente reformada em sua fé compreendia o Norte, o Leste e muitas das principais cidades alemãs – Estrasburgo, Frankfurt e Nuremberg – tornando-se protestantes, enquanto as regiões Sul e Oeste permaneceram em grande parte católicas. Com relativamente poucas mudanças, o casamento evangélico conserva uma encenação muito parecida com a liturgia católica, como a procissão de entrada e saída dos noivos, a reserva de metade do templo para os parentes da noiva, à esquerda, e da metade à direita da entrada para os parentes e amigos do noivo, a entrega da noiva ao noivo pelo pai da noiva diante do altar etc.

Liturgia do casamento

Fig. 1 – Cortejo de Entrada
  1. Toda a assembleia se coloca de pé para o início da cerimônia. Música escolhida para a Entrada, iniciada a um sinal do cerimonialista.
  2. Entrada do Noivo com a mãe ou representante dela de braço com ele do lado esquerdo. Eles devem andar até o primeiro banco, o noivo dá um beijo na testa ou no rosto da mãe, e a conduz até o banco direito, voltado para frente do altar.
  3. Depois com uma música cristã de escolha dos noivos entra a mãe da noiva com o pai do noivo, e este último no lado direito. Caminham até o primeiro banco e cada um senta no seu lado respectivo.
  4. Depois entram os padrinhos, primeiro da noiva e sentam-se no lado esquerdo intercalando com os padrinhos do noivo que sentam-se no lado direito.
  5. Com uma música diferente entra agora as madrinhas e os pajens e por último floristas.
Fig. 2 – Entrada do Noivo
  1. Depois que todos entraram a porta da igreja deve ser fechada e todos devem se sentar, esperando a entrada da noiva, quando a música escolhida começa (pode ser a marcha nupcial) a porta se abre, todos se colocam de pé e a noiva entra acompanhada pelo pai ou substituto. A noiva pode ser precedida por uma florista, mas isso não é obrigatório. Ela deve ser conduzida pelo seu pai (ou por quem o representar) e seguida pelas daminhas, que vão ser responsáveis por segurar a calda do vestido.
Fig. 3 – Entrada da Noiva
  1. Quando o pai entregar a noiva ao noivo (terceiro banco), o ritual de casamento evangélico se iniciará.
Fig. 4 – Entrega da Noiva
  1. O pastor deve cumprimentar a todos, agradecendo a presença de cada um, em nome dos noivos e das famílias e diga-lhes o objetivo da cerimônia:

    “Estamos aqui reunidos para pedir a bênção de Deus para este casal (falar os nomes). Peça que todos os presentes fiquem em pé.”

Fig. 5 – Disposição Final
  1. Faça uma oração introdutória pedindo a bênção de Deus sobre a cerimônia, para que seja “boa, agradável e perfeita.”
  2. Após a oração, faça algumas citações bíblicas dando início assim ao casamento, podendo fazer uma introdução, contando um pouco da história do casal e sobre como resolveram se unir em um casamento cristão. 
  3. É lido o texto bíblico escolhido, o leitor pede para que todos se sentem (exceto os noivos).
  4. Após a breve reflexão chega o momento dos votos que podem ser escritos pelos noivos ou lido pelo pastor e será repetido individualmente por cada noivo:

OS VOTOS DO NOIVO:

“[Pronuncie o nome completo do noivo] …

estás disposto a prometer diante de Deus e de todos aqui presentes a tomar a esta mulher [pronuncie o nome completo da noiva] por tua legítima esposa, para viveres com ela segundo foi ordenado por Deus? Prometes amá-la, honrá-la, consolá-la e conservá-la, tanto na saúde como na enfermidade, na prosperidade como em seus sofrimentos, e te conservares exclusivamente para ela enquanto ambos viverem?” 

 

OS VOTOS DA NOIVA:

“[Pronuncie o nome completo da noiva] …

estás disposta a prometer diante de Deus e de todos aqui presentes a tomar a este homem [pronuncie o nome completo do noivo] por teu legítimo esposo, para viveres com ele segundo foi ordenado por Deus? Prometes amá-lo, honrá-lo, consolá-lo e conservá-lo, tanto na saúde como na enfermidade, na prosperidade como em seus sofrimentos, e te conservares exclusivamente para ele enquanto ambos viverem?”

NOTA:

Pergunte a igreja “o que é uma cerimônia de casamento evangélica?”

  1. É o momento em que o casal sela sua aliança de amor.
  2. É o momento em que a família, a igreja e a sociedade são solenemente informadas do contrato matrimonial que foi celebrando.
  3. É o momento em que todos, numa só voz, pedem a bênção de Deus sobre o casal.

Anote o nome dos noivos (para não correr o risco de “dar um branco”).

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 06-09-2022.

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. – Casamento Evangélico. Site www.cobra.pages.nom.br, Internet, Brasília, 2022.