COBRA PAGES
e seus
objetivos
--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação
Boas Maneiras e Etiqueta -
Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros do Autor - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE

 

 

RESUMO BIOGRÁFICO

Para retornar
à página de
COBRA PAGES
em que estava,
use a seta de
volta do seu
navegador

 

Paulo José Duarte (1916-1995), químico pernambucano, notabilizado pela descoberta das jazidas de fosfato de Pernambuco, foi o principal articulador do projeto de criação do Curso de Geologia do Recife e seu primeiro Diretor. Sua família procedia de Patos, na Paraíba, onde seu avô possuía fazenda de plantio e criação, e de onde emigrou para Recife, Pernambuco, por ocasião da seca de 1877. Seu pai, mecânico de locomotivas, trabalhou na Great Western Railways e depois, também como mecânico, na Usina de Açúcar Pedrosa, da família do Governador de Pernambuco Carlos de Lima Cavalcanti.

Paulo José Duarte iniciou o curso primário na escola da Usina Pedrosa, e posteriormente, residindo em uma casa comprada pelo pai, à Av. Conde da Boa Vista, no Recife, concluiu o primário no Instituto Carneiro Leão, e cursou o secundário no Ginásio Pernambucano

 Cursou Química Industrial, na Escola de Engenharia da Universidade do Recife, atual Universidade Federal de Pernambuco, onde se tornou professor de Química. Desenvolveu um interesse pela Geologia a partir de uma longa excursão geológica como acompanhante do célebre geólogo Engenheiro de Minas Luciano Jacques de Morais, com quem percorreu os sertões da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, a visitar minerações e áreas de interesse geológico. Em 1946 tornou-se Doutor em Ciências Físicas e Matemáticas na mesma Universidade

Em 1957 coordenou a instalação do Curso de Geologia criado na Universidade pela Campanha de Formação de Geólogos - CAGE do governo do presidente da República Juscelino Kubitschek de Oliveira, do qual foi o primeiro diretor, afastando-se por ocasião das greves estudantis que conturbaram a Escola em meados de 1959.

 Paulo José Duarte recebeu, em 1988, o título de Professor Emérito da Universidade, vindo a falecer em 24 de outubro de 1995.

Um breve esboço de autobiografia encontra-se em seu artigo Minhas Memórias da Escola de Engenharia de Pernambuco (Col. Mossoroense, Série C, vol 928, 1996, Fund. Vingt-un Rosado, Mossoró, RN).

R.Q.Cobra
14/08/2005

Para citar este texto: Cobra, Rubem Queiroz - Geólogos do meu tempo - Resumos Biográficos. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2005
("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br).