COBRA PAGES
e seus
objetivos
--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação
Boas Maneiras e Etiqueta -
Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE & BUSCA

 


Vultos e episódios da Época Moderna

Para retornar
à página de
COBRA PAGES
em que estava,
use a seta de
volta do seu
navegador

Richelieu. A França do Cardeal Richelieu, época de Luís XIII, corresponde ao período mais fértil da vida intelectual francesa na primeira metade da Época Moderna. A política de Richelieu teve repercussão em toda a Europa.

A inquietação religiosa e as disputas entre Católicos e Protestantes havia arrefecido na França, graças ao édito de Nantes, promulgado em 1598 por Henrique IV. Morto em 1610 por um fanático (o mesmo havia acontecido a seu pai Henrique III em 1589), Henrique IV foi sucedido por Luiz XIII. Os conflitos religiosos reacendem e a nobreza se impõe na corte diminuindo a autoridade do rei.

Ministro de Luís XIII, Richelieu derrota os protestantes e os nobres e desenvolve a economia da França. Para tal, atribuiu toda sorte de privilégios e monopólios aos negociantes e industriais e ampliou o comércio marítimo. Com essa política, multiplicaram-se as fábricas e expandiu-se o comércio, resultando uma época de grande prosperidade para a nação. O cardeal e o rei morrem respectivamente em 1642 e 1643

Luís XIV (1638-1715), que viria a ser símbolo da monarquia absoluta clássica, sucedeu o pai, Luís XIII, em 1643 mas até 1661 esteve sob a regência do Cardeal Mazarino.

R.Q.Cobra
Doutor em Geologia
e bacharel em Filosofia.
1997

Para citar este texto: Cobra, Rubem Queiroz - NOTAS: Vultos e episódios da Época Moderna. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 1997 ("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br)