COBRA PAGES
e seus
objetivos
--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Filosofia no Brasil - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação - Teatro Pedagógico - Higiene - Boas Maneiras e Etiqueta - Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros do Autor - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE

 
 
 

NOVIDADES DO SITE

Vultos e episódios da Época Moderna

Página escrita por
Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

 

Johann Jakob Grynaeus (1540-1617), clérigo protestante suíço, nascido em Berna, é com certeza o amigo de Althusius, em cuja casa o filósofo morou por algum tempo na Basileia. Seu pai Thomas Grynaeus, foi um respeitado professor de línguas antigas na Basileia e em Berna, e depois pastor de Röteln, em Baden, onde Johan foi seu auxiliar no ministério (1559) e depois o substituiu como pastor.

Johan era sobrinho do eminente reformista luterano (calvinista) Simon Grynaeus (1493-1541) intelectual alemão professor de grego e latim, amigo de Melanchthon e que se correpondia com Erasmo e Calvino.

Em 1563 Johann mudou-se para Tübingen a fim de completar seus estudos teológicos, mas retornou em 1565 a Röteln para suceder o pai. Decidiu-se então pelo calvinismo, uma dissidência da igreja luterana contrária à tese de Lutero sobre a Eucaristia, e abjurou à formula concordiae, uma proposta de conciliação com os calvinistas incluída no Liber Concordiae, o compêndio da fé luterana.

Convidado em 1575 para lecionar o Velho Testamento na Basileia, ele se viu em confronto com outros professores e ministros luteranos ortodoxos, o que teve que suportar até quando, em 1584, foi convidado possivelmente por influência do amigo Althusius a colaborar na reorganização da Universidade de Heidelberg.

Retornando a Basileia em 1586, após a morte de Simon Suizer, seu principal oponente, como chefe da Igreja e professor do Novo Testamento, exerceu por mais de vinte e cinco anos considerável influencia tanto nos negócios da Igreja como da comunidade e ganhou notoriedade como hábil teólogo da corrente do reformador Huldreich Zwingli. Entre outras coisas ajudou a reorganizar o Colégio (gymnasium) em 1588. Aos 72 anos ficou cego, o que não o impediu de pregar e lecionar até sua morte em 1617, aos 77 anos. Deixou livros sobre o Velho e Novo Testamento e dois volumes de sobre literatura patrística intitulados Monumenia S. patrum orthodoxographa, de 1569.

Rubem Queiroz Cobra

R.Q.Cobra
Doutor
em Geologiae
bacharel em Filosofia.
Página lançada em. 06- 01-2011.

Direitos reservados.
 Para citar este texto:
Cobra, Rubem Q. - Vultos e episódios da Época Moderna. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2011. 
("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br).

Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
Obrigado por visitar COBRA PAGES  

Todos os links desta página devem estar funcionando. Se há um link nesta página que não está funcionando, por favor, avise-me. Insira em sua mensagem o TÍTULO da página onde encontrou o link defeituoso. Fico-lhe antecipadamente agradecido pela cortesia de sua colaboração.
Rubem Queiroz Cobra