COBRA PAGES
e seus
objetivos
--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação
Boas Maneiras e Etiqueta -
Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE & BUSCA

 


Vultos e episódios da Época Moderna

Para retornar
à página de
COBRA PAGES
em que estava,
use a seta de
volta do seu
navegador

Beeckman, Isaac. Nascido em Middleburg, Zeeland, na atual Holanda, a 10 de Dezembro de 1588, faleceu em Dordrecht, a 19 de Maio de 1637, aos 49 anos. Seu avô era um comerciante bem estabelecido no Brabante forçado a fugir para a Inglaterra por causa da religião. Por sua vez, o pai de Beeckman foi forçado pela intolerância para com os estrangeiros a emigrar de Londres de volta para a Holanda. Lá o pai tornou-se um próspero fabricante de velas e instalador e conservador de canalizações de água em Middleburg, e casou com a filha de um fabricante de carros, a mãe de Beeckman. Foi aprendiz na fábrica do seu pai que fez velas e canalizações da água, seguiu mais tarde o mesmos negócio como um artesão independente em Zierikzee, Zeeland.

Beeckman estudou em Leyden, de 1607 a 1610, filosofia e lingüística. Pretendeu originalmente tornar-se pastor. Estudando particularmente em Saumur, aplicou-se seriamente ao estudo da medicina por dois anos e foi examinado em Caen de acordo com as regras acadêmicas, sendo aprovado médico em 1618. No entanto, estava interessado em Física, Mecânica, Filosofia Natural, Astronomia, Engenharia e Meteorologia. Foi dos primeiros a propor a aplicação da matemática na física. Em Dordrecht, a cidade construiu uma torre na escola para suas observações meteorológicas e astronômicas. Manteve por muito tempo registros meteorológicos. Desenvolveu instrumentos para esta finalidade, incluindo um termoscópio. Fez observações astronômicas com Lansberg.

Em seus últimos anos Beeckman dedicou-se mais e mais ao polimento de lentes para telescópios. Fundou o Collegium Mechanicum, uma sociedade de artesãos e intelectuais que se ocuparam com problemas científicos, especial aqueles que tinham aplicação tecnológica Em 1619 foi consultado, como perito, em um projeto para livrar o porto de Middleburg dos bancos de areia. Em conseqüência de seu conselho, um comerciante importante em Roterdã escapou de um empreendimento com um moinho baseado em um novo princípio de moto-perpétuo. O comerciante, reconhecido, comissionou Beeckman para construir uma fonte em seu jardim.

Trabalhou em melhorar telescópios, e aparentemente melhorou técnicas de polimento de lentes. Em 1636 foi indicado para o Comitê (dos Países Baixos) que julgou a proposta de Galileu para determinar as longitudes. Em 1619-20, foi co-reitor em Utrecht, Roterdã. Em 1620, foi reitor assistente para seu irmão em Roterdã, compartilhando do mesmo salário com ele. Em 1623-7, co-reitor em Roterdã. Em 1627, foi reitor da escola de latim em Dordrecht. Manteve amizade e correspondência com Snel, Descartes, Gassendi e Mersenne, entre outros.

R.Q.Cobra
Doutor em Geologia
e bacharel em Filosofia.

00/00/1997

Para citar este texto: Cobra, Rubem Queiroz - NOTAS: Vultos e episódios da Época Moderna. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 1997 ("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br)