Cobra Pages

reg.

 

Quem somos

COBRA PAGES e seus objetivos

CONTACTO

 

COBRA PAGES: 1000 páginas em Educação e Cultura.

Filosofia Moderna . Filosofia Contemporânea . Filosofia no Brasil . Temas de Filosofia . Psicologia e Educação . Teatro Pedagógico . Higiene . Boas Maneiras e Etiqueta . Restauro . Genealogia . Geologia . Contos


   

Perguntas mais freqüentes

Livros do Autor

ÍNDICE & BUSCA

 
 
 

NOVIDADES DO SITE

 

 

Páginas de Educação e Comportâmento
escritas por Rubem Queiroz Cobra
(Site original:
www.cobra.pages.nom.br)

ÍNDICE DESTA SEÇÃO:

O Teatro Educativo

Noções de Teoria do Teatro

Como escrever uma peça

Como montar um cenário

A Arte de representar no Teatro Escolar

A Iluminação no Teatro Escolar

Glossário de Teatro

*       

Uma teoria da Arte

Direitos autorais da peça teatral

A peça "Untamed hair" (Cabelo Difícil)

Contacto: Críticas, sugestões e alertas são bem vindos. Clique em: Opinião!

Direitos

GLOSSÁRIO DE TEATRO

A B C D E F G-H I-J-K L M-N O P Q-R S T U-V-X-Y-Z

B

Balcão. Parte do auditório de teatro que se projeta a partir do fundo, como um mezanino sobre a platéia situada no piso principal.

Bambolinas. Faixas de pano ou placas de madeira verticais suspensas transversalmente sobre o palco, destinadas a ocultar dos espectadores os equipamentos de iluminação, as varas de sustentação e o trabalho dos técnicos nas estruturas elevadas durante a representação, e o topo do pano de fundo ou rotunda. A primeira bambolina, chamada mestra ou reguladora, pende logo à entrada do palco ou boca de cena. É a que indica a altura para as demais.  

Bandô. Faixa de pano franzido ou peça de madeira que esconde o trilho ou vara que sustenta a cortina da boca de cena. Geralmente franzida, é também chamada lambrequim, por lembrar a barra de madeira recortada em desenhos que tinha esse nome, e era usada como ornamento no beiral dos telhados antigos.

Barroco. Estilo de peça teatral caracterizado pela liberdade das formas e ornamentação luxuosa e exagerada que predominou no teatro popular do século XVII e XVIII, principalmente na Espanha.

Bastidores. Pares de painéis verticais retangulares, de madeira e pano, que escondem do espectador as dependências laterais do palco. Oculto pelos bastidores o ator aguarda seu momento de entrar em cena. São também chamados pernas. 

Batidas. Três golpes com um bastão de madeira dado sobre o piso do palco para atrair a atenção do público anunciando a eminência do levantamento da cortina para início do espetáculo.

Bilheteria. Guichês de venda de ingressos que abrem para fora do Teatro, evitando-se colocá-los no Foyer ou Hall, locais em que uma fila de compradores perturbaria qualquer das muitas outras atividades que podem ser conduzidas nesse local. A bilheteria tem um plano impresso com a posição e numeração dos assentos onde são assinalados os já vendidos.

Boca de cena. É a grande abertura que expõe a representação teatral perante a platéia. Seus limites ou perímetro podem ser mudados com o posicionamento dos reguladores que são a bambolina reguladora da dimensão vertical e os bastidores laterais, reguladores da dimensão horizontal do vão da abertura.Também chamada entrada do palco e abertura de cena. 

Rubem Queiroz Cobra

Lançada em 12-02-2006

Direitos reservados. As páginas ou textos de Cobra Pages correspondem a livros, capítulos de livros, apostilas e monografias do autor,  com depósito no escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional. Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. - O Teatro Educativo. Site www.cobra.pages.nom.br, internet, Brasília, 2006
("www.geocities.com/cobra_pages" é "mirror site" de www.cobra.pages.nom.br).

 Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
 
Obrigado por visitar COBRA PAGES

Todos os links desta página devem estar funcionando. Se há um link nesta página que não está funcionando, por favor, avise-me. Insira em sua mensagem o TÍTULO da página onde encontrou o link defeituoso. Fico-lhe antecipadamente agradecido pela cortesia de sua colaboração.
Rubem Queiroz Cobra