NOVIDADES DO SITE

Colégio de Luiz-O-Grande

 

Página escrita por
Rubem Queiroz Cobra.
Site original: www.cobra.pages.nom.br

 

Para retornar
à página de
COBRA PAGES
em que estava,
use a seta de
volta do seu
navegador

O Colégio Clermont, depois chamado Colégio Luís-O-Grande, pertencia aos jesuítas, e não à Universidade de Paris. Foi fundado em 1564 na rue de la Harpe; por Guillaume du Prat, bispo de Clermont, na Auvergne, irmão de Antoine Prat, cardeal e chanceler da França. O bispo alojava neste seu Hotel de Clermont os jesuítas, professores e estudantes em Paris, conforme o espírito dos colégios de então. Estes padres, compraram mais tarde um terremo na Rue de Saint. Jacques, e construindo lá sua faculdade, começaram a ensinar no ano de 1563, abrigando lá um grande número de estudantes e pensionistas.

Um grande golpe para o colégio foi a expulsão dos jesuítas da França, devido ao atentado de Jean Châtel contra Henrique IV, em dezembro de 1594. Como Châtel, um estudante de Direito na Universidade, tinha antes sido aluno dos jesuítas no colégio de Clermont, todos os alunos e professores do colégio foram considerados inimigos do Rei e do Estado e expulsos, com o prazo de três dias para deixar Paris e quinze dias para deixar o reino. Somente vinte e quatro anos depois, em l603, puderam retornar à França e somente em 1618 tiveram permissão para voltar a lecionar.

Luís XIV (1638-1715) visitou o colégio e deu grande apoio a esse empreendimento dos jesuítas. Estes, em reconhecimento pela ajuda e a proteção real, rebatizaram o colégio em sua homenagem.
Com o apoio real, e a incorporação de vários outros colégios, o colégio Luís-O-Grande tornou-se o mais conceituado estabelecimento de ensino de Paris. Nele estudaram Molière, Voltaire e outros grandes luminares do século XVIII a Época Moderna.

Durante a Revolução o colégio sobreviveu a todos os outros estabelecimentos da antiga universidade. Em 1793 passou a chamar-se "Instituto da Igualdade". Derrotados os socialistas, em 1814 retomou o nome de Luís-O-Grande, e tornou-se um dos grandes liceus de Paris, de grande importância até a época atual.
 

Rubem Queiroz Cobra

R.Q.Cobra
Doutor em Geologia
e bacharel em Filosofia.
06-03-2011

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. - Colégio de Luiz-O-Grande Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2011.

Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
Obrigado por visitar COBRA PAGES  

Todos os links desta página devem estar funcionando. Se há um link nesta página que não está funcionando, por favor, avise-me. Insira em sua mensagem o TÍTULO da página onde encontrou o link defeituoso. Fico-lhe antecipadamente agradecido pela cortesia de sua colaboração.
Rubem Queiroz Cobra