NOVIDADES DO SITE

O essencial de:
Moreno

Página escrita por
Rubem Queiroz Cobra.
Site original: www.cobra.pages.nom.br


 

Jacob Levy Moreno (1892-1974), psycosociologo americano de origem Romena, criador da sociometria e do psicodrama.

Nascido em Bucareste, ele estudou medicina em Viena. Durante a Primeira Guerra Mundial teve a seu cargo um acampamento para pessoas deslocadas, e lá se interessou pelo o comportamento de grupo e começou a estudar seus conflitos. Depois de muitas observações, concluiu que as pessoas encontram o equilíbrio psíquico, quando se organizam da forma desejada, não imposta.

Moreno colocou em prática o "teste sociométrico", teste que fornece informações sobre o status do indivíduo dentro do grupo e as relações de simpatia e antipatia que surgem entre os seus mmbros.

No teste, que é representado graficamente, as pessoas escolhem umas às outras em ordem de preferência para a realização de uma atividade determinada.

Moreno criou em Viena o Das Stegreiftheater (teatro de improviso) que posteriormente aplicou no Psicodrama, na terapia que usa o jogo dramático para que os indivíduos exteriorizem seus complexos e conflitos pessoais internos.

Assim, o indivíduo se compreende, se reconhece e pode se transformar.  Moreno emigrou para a América em 1925. Lá desenvolveu essa terapia, e investigou as diferentes interações sociais nos grupos.

Suas obras principais são: Quem vai sobreviver (1934), que define os princípios da sociometria; Psicodrama (1947-1959) e Psicoterapia de Grupo e Psicodrama (1965). Ele morreu em Nova York.

Rubem Queiroz Cobra

R.Q.Cobra
Doutor em Geologia
e bacharel em Filosofia.
31-01-2011

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. - O essencial de Moreno. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2011.

Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
Obrigado por visitar COBRA PAGES  

Todos os links desta página devem estar funcionando. Se há um link nesta página que não está funcionando, por favor, avise-me. Insira em sua mensagem o TÍTULO da página onde encontrou o link defeituoso. Fico-lhe antecipadamente agradecido pela cortesia de sua colaboração.
Rubem Queiroz Cobra