COBRA PAGES
e seus
objetivos
--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação
Boas Maneiras e Etiqueta -
Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros do Autor - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE

 

 

Notas complementares de Boas-maneiras e Etiqueta

Para retornar
à página de
COBRA PAGES
em que estava,
use a seta de
volta do seu
navegador

Boa Educação
no Trânsito:
o que você pensa da
FAIXA DE
PEDESTRES?
Para saber mais
clique
 AQUI.

Viagens e bagagens. Não esquecer nada do que precisa levar consigo é a primeira preocupação do viajante ao arrumar suas malas. Tentando ajudar neste particular, preparei uma lista básica à qual você acrescentará itens de seu interesse que não podem ficar para trás.

Roupas e acessórios. Note que depende muito da finalidade da viagem a relação dos artigos indispensáveis e acessórios que formarão a bagagem. Também depende das condições em que ficará alojado, por exemplo: em uma suíte (quarto com banheiro) você não sentirá falta de um roupão de banho, mas se for ocupar um quarto, precisará dele para voltar do banheiro após o banho. Seria muito incômodo vestir-se no próprio banheiro, onde os vapores ficam condensados, pois as roupas absorverão umidade e calor e o desconforto conseqüente anulará o efeito refrescante que o banho terá se as roupas forem vestidas secas e perfumadas.

Alguns itens podem ser muito práticos, como capa de chuva com forro de lã preso por zíper: defende tanto do frio quanto da chuva. Se a época de chuva coincide com época de calor, o forro pode ser destacado da capa.

O seu cuidado para que nada do que vai necessitar fique fora da bagagem, significará, portanto, mais conforto e também menor incômodo para o seu anfitrião, pois não precisará ficar a lhe pedir coisas emprestadas nem o ofenderá vestindo-se inadequadamente, por exemplo, entrando na casa vestindo apenas uma sunga ao voltar da praia ou da piscina.

Malas. Se ainda não tem malas, não compre nenhuma antes de considerar as vantagens e desvantagens de cada tipo.

As malas comuns, feitas de material rígido, são úteis por protegerem melhor seu conteúdo e, se bem preenchidas, evitam que as roupas fiquem muito amarrotadas. Porém são mais pesadas. Para uma cota permitida de 20 quilos de bagagem, somente o peso da mala vai tomar 5 a 6 quilos.

As sacolas de poliéster têm a vantagem de ser muito mais leves que as malas comuns. Quando feitas de bom material, são resistentes e sofrem poucos danos. Porém, como são flexíveis, facilitam que as roupas fiquem um pouco mais amarrotadas.

As malas e sacolas mais caras, de couro e grife importante, é melhor que sejam de menor tamanho para que possam ser levadas como bagagem de mão, ou que sejam envolvidas em folha de plástico (o que pode ser conseguido em alguns aeroportos) para não serem danificadas no manuseio da carga.

No início do século XX ainda se viajava levando baús lotados com o conteúdo de um guarda-roupa, incluindo capotes, dezenas de anáguas, dezenas de pares de sapatos, etc. Quando as malas substituíram os baús, as pessoas importantes, principalmente personalidades femininas do mundo do cinema, viajavam com dezenas de valises de couro. Nos dias atuais a ostentação cedeu lugar a um luxo marcado por simplicidade com muito bom gosto. Leva-se na bagagem o mínimo de roupas escolhidas para ocasiões, que em geral tendem a ser mais leves e simples, sem comprometer a elegância. E as pessoas, qualquer que seja sua posição econômica, não se importam em puxar uma mala com rodinhas. São mais governáveis, evidentemente, as malas com rodinhas que tem uma bengala fixa para serem puxadas. As que têm alça flexível costumam sair de lado e dão, por isso, mais trabalho para serem puxadas.

Perda de malas. É difícil acontecer em uma viagem de trem ou de ônibus, mas tornou-se muito comum em viagens de avião. Em todas as grandes cidades no Brasil, Estados Unidos, Europa, os aeroportos são gigantescos e estão todo o tempo lotados de pessoas embarcando e desembarcando de aviões de dezenas de empresas que fazem vôos internacionais para todas as partes do mundo. Neles você pode ser posto à prova por esse acidente cada vez mais comum: o extravio da sua bagagem. Alguns passageiros perdem a cabeça e insultam o funcionário da empresa, e dizem o pior da própria empresa. Discutir não vai solucionar o problema. É difícil saber quem foi o culpado pelo extravio, tantas são as pessoas que atuam no setor de carga dos aeroportos. De qualquer modo, não há outro remédio senão aceitar a indenização e as providências que a empresa está obrigada a tomar, e o conhecimento dos seus direitos nesse particular é um dos itens do conhecimento que precisa ter, antes de viajar.

Para ajudar a evitar o extravio, lembre-se de colocar etiquetas em todas as malas, com seu nome e o endereço onde você reside. Normalmente o endereço apenas ajuda a identificar. O endereço para entrega, a residência ou o hotel em que vai ficar, você vai declarar na ficha da ocorrência. É bem provável que sua bagagem seja recuperada. Não deixe de colocar uma etiqueta com nome e endereço também no interior de sua valise. Acompanhe a rotulagem de sua bagagem no check-in.

Devido ao risco de extravio da bagagem despachada, mantenha na bagagem de mão artigos indispensáveis para o caso de ter que passar uma noite em um hotel sem as suas malas. Veja a "bagagem de mão" em Lista de viagem. Liste em separado os objetos mais valiosos de sua bagagem, a fim de especificá-los em caso de pretender reclamar uma indenização maior que o valor mínimo fixado pela companhia aérea, em caso de perda.

R. Q. Cobra
Em 31/03/2004

Direitos reservados. O texto impresso original é depositado no Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional, o que permite que o Site COBRA PAGES seja citado em qualquer trabalho de divulgação de suas matérias. Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. - Notas complementares de Boass-maneiras e Etiqueta. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2004 ("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br).