COBRA PAGES
e seus objetivos

--
Quem somos

reg.

COBRA PAGES: páginas em Educação e Cultura
Filosofia Moderna -  Filosofia Contemporânea - Filosofia no Brasil - Temas de Filosofia - Psicologia e Educação - Teatro
Pedagógico
- Higiene -
Boas Maneiras e Etiqueta -
Contos - Restauro - Genealogia - Geologia - Livros do Autor - CONTACTO

 

PMF-perguntas
mais freqüentes

ÍNDICE

 

Boa Educação no Trânsito: o que você pensa da FAIXA DE PEDESTRES? Para saber mais clique AQUI.

 
 

NOVIDADES DO SITE

Noivado: presente do anel

Página escrita por
Rubem Queiroz Cobra
(Site original: www.cobra.pages.nom.br)

 

O anel é o presente tradicional que o noivo dá à noiva, após o pedido de casamento. Interessam para a escolha o preço, a beleza e a adequação da jóia.

O que faz que as jóias sejam caras? Vários fatores imponderáveis contribuem para que o preço fique fora de qualquer parâmetro. Pedras que têm a mesma natureza mineral podem variar de preço conforme seu tamanho, ou o desenho de lapidação que foi possível adaptar à pedra bruta, ou em razão de alguma impureza, ou de maior ou menor beleza em sua cor, ou ainda do seu poder de refletir ou refratar a luz. A rigor, não haveria duas gemas de mesmo preço, a menos que fossem cortadas de um mesmo cristal muito homogêneo.

Ao preço da pedra lapidada se junta outro fator: o design. O desenho da jóia é influente no seu preço, seja pela beleza da concepção artística, seja pela fama do seu autor.

Conta também o local onde a jóia é negociada: joalherias em centros comerciais luxuosos, que atendem clientes abastados, têm motivos para cobrar mais caro que um estabelecimento modesto onde o joalheiro é também o ourives, e faz as próprias jóias que vende. Este, não sendo um designer, fará apenas jóias simples. Mas, se for um artesão experiente, poderá copiar um desenho encontrado em uma propagada ou em uma revista, ou imitar uma jóia que lhe for dada como modelo. Se a pedra escolhida for um brilhante (diamante lapidado), a montagem de um “solitário” é relativamente simples.

Diamantes pequenos podem dar uma aliança de brilhantes, que é também de confecção padronizada.
O diamante. Mineral originado de porções de carbono que, submetidas a intensa pressão e calor no interior da terra, assumem uma estrutura cristalina transparente e com alto poder de refração e reflexão da luz, além de se tornarem no material mais resistente que se conhece: um diamante somente pode ser riscado por outro diamante. Estas qualidades fazem dessa pedra a mais valiosa das gemas; sua dureza impede que se torne embaçada pelo atrito, como ocorre com boa parte das pedras de menor valor. Porém, Seu poder de sedução, e a grande especulação que ocorre no mercado de jóias e pedras preciosas, conduzem a muito engodo e muita exploração, e a preços além do razoável, à vista de sua abundância. Seus preços são ditados pelo cartel De Beers Diamond Trading Company, de Londres, uma multinacional que controla o comércio do diamante no mundo.

 
 

Fig. 1

Para que o diamante se transforme em um brilhante de qualidade, ele precisa ser lapidado em muitas facetas e ser branco (Fig. 1). Ter poucas facetas diminui seu poder de refletir e refratar a luz, e se é colorido, sua transparência será obviamente menor. Embora um leve colorido possa emprestar belos reflexos e tornar a pedra atraente e valiosa, ela não competirá com outra de mesma qualidade que for inteiramente branca e transparente. Além do corte, da cor e da transparência, conta no preço o peso da pedra, o que se relaciona diretamente com o seu tamanho. Um diamante redondo de um quilate é uma pedra suficientemente grande para ter um corte de 58 facetas que, em um cristal limpo e transparente, dará um magnífico brilhante.

O tamanho do diamante é medido em quilates (200 miligramas), e um quilate divide-se em 100 pontos. É uma medida diferente do quilate de ouro. Este não se refere a peso, mas à proporção de 1/24 de ouro em uma liga. com outro metal. Ouro de 14 quilates é uma liga com 14 partes de ouro e 10 partes de outro metal, geralmente cobre; 24 quilates seria 0 de outro metal.

O valor do diamante diminui se ele tem inclusões, impurezas e riscos em seu interior, ou rachaduras e riscos na superfície, ou se tem cor. A limpeza interna de inclusões pode ser feita com lazer (o caminho do lazer fica assinalado por um traço visível apenas com uma lente), e rachaduras podem ser preenchidas com uma substância vítrea identificável apenas com grande aumento. Porém, devido à diferença na refração, o enchimento produzirá reflexos distintos revelando a substância estranha. Pequenas bolhas de ar também podem trair a existência de um preenchimento. Muito metal em volta do diamante indica que ele tem alguma coisa a esconder.

Quando o anel é comprado em uma joalheria tradicionalmente conhecida, o cliente com certeza será informado pelo proprietário a respeito de todos esses detalhes. Quando a compra é em um grade magazine, ele receberá uma carta descritiva da pedra ou certificado de sua qualidade. Os preços variam também com as datas de maior ou menor movimento no comércio, e nos meses de promoções e liquidações sempre haverá descontos de até 50% sobre preços de tabela. 
Um diamante redondo, com certificado confiável de qualidade, montado solitário em um anel em ouro branco (Fig. 2), custa atualmente (ano 2006) cerca de 1700 dólares (preço promocional - catálogo da amazon.com) ou 3.700,00 reais.

Um bom modo de saber o valor de um brilhante é submetê-lo à avaliação de um banco ou casa de penhor. O avaliador dirá por quanto receberia a peça em caso de penhora. Essa avaliação costuma ser não mais de 80% do valor de mercado daquela gema.

 
 

Fig. 2

As alternativas para o diamante são poucas, quando se trata de anel de noivado. A primeira alternativa é o diamante artificial, também conhecido por zirconio, GGG, Fabulita, e Diamante Wellington. O mais popular é o zircônio cúbico, também conhecido por ZC ou CZ, porque é mais resistente a riscos e fraturas que os outros sintéticos. Possuidores de grandes e valiosos diamantes usualmente mandam fazer um diamante artificial barato de ZC para a exibição, enquanto o autêntico é mantido no cofre. Há pouco tempo surgiu a moissanita sintética, que se aproxima ainda mais do diamante legítimo e que é quase tão cara quanto ele.

Um substituto ainda mais novo é o próprio diamante sintético, que é o mesmo mineral obtido com alta tecnologia, mas a preços muito menores que o extraído das minas do Brasil ou da África..

Outras pedras. Embora exista uma grande variedade de pedras preciosas, a escolha é limitada devido à cor. São preferidas para o anel de noivado pedras de cores claras e com forte brilho. Por isso, excluído o diamante e suas imitações artificiais, a escolha cai em pedras como a água marinha (Fig. 3), a esmeralda, o topázio (Fig. 4) e alguma variedade de quartzo colorido.. As demais são pedras de cor mais forte como a ametista (Fig. 5), o rubi, a safira, e estas, quando se apresentam claras, não são espécimes autênticos.

 
 

Fig. 3

Um anel de agua-marinha em ouro branco de 14 quilates, com certificado confiável de qualidade, custa atualmente (ano 2006) 269 dólares (catálogo da amazon.com) ou 594,00 reais.

Um anel de topázio azulado em ouro amarelo de 14 quilates, com certificado confiável de qualidade, custa atualmente (ano 2006) 199 dólares (catálogo da amazon.com) ou 440,00 reais.

 
 

Fig 4

Um anel de ametista com pequenos diamantes, montagem em ouro branco de 14 quilates, com certificado confiável de qualidade, custa atualmente (ano 2006) 210 dólares (catálogo da amazon.com) ou 462,00 reais.

 
 

Fig. 5

A uma ou duas décadas atrás, era bastante difícil ter um catálogo de jóias, inclusive para os próprios joalheiros. Um ourives de Brasília me pediu, ainda nos anos 80, que conseguisse para ele alguns catálogos na Europa. Hoje, porém, com a difusão dos negócios pela Internet, há uma grande variedade de catálogos na rede, que oferecem aos noivos infinitas opções de escolha para comprar ou encomendar suas alianças e anéis

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 06-04-2006

Direitos reservados. Texto impresso original depositado no Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional.
Para citar este texto
: Cobra, Rubem Q. - Noivado: presente do anel. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2006 
("www.geocities.com/cobra_pages" é "Mirror Site" de www.cobra.pages.nom.br).

Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
Obrigado por visitar COBRA PAGES